Graças ao momento atípico em que nos encontramos, o consumo de informação digital é exponencial, oferecendo uma oportunidade fantástica para divulgarmos a nossa mensagem. Em contrapartida, este mar digital exige muito mais criatividade para fazer com que essa mensagem se torne um farol e sejamos reconhecidos como entendidos na matéria.

 

O que é marketing de conteúdo?

Teoricamente, é todo o conteúdo de alta qualidade criado e divulgado com o objetivo de atrair um determinado público-alvo, oferecendo-lhe a solução para o seu problema.

Na prática, é a informação digital que as marcas diariamente nos apresentam em forma(to) de artigos, imagens, vídeos, podcasts, infográficos, e-books, entre outros.

 

Palavra-chave: relevância

Da parte de quem produz os conteúdos, o foco deverá ser fornecer a resposta à pergunta/ pesquisa que o utilizador faz, almejando ser uma autoridade no tema.

Por sua vez, se conseguirmos aliar esse conteúdo já de si relevante a técnicas de otimização de informação para que surja nos lugares cimeiros de pesquisa (aumentando a probabilidade de ser lido/consumido), então ganhámos o dia.

 

Delinear uma boa estratégia

Falar de marketing de conteúdo (inbound marketing) pressupõe que haja primeiro uma estratégia.

Em que é que a sua marca se diferencia de outras da mesma área de negócio? Quem é o seu público? A que perguntas vai responder? Como é que o produto ou serviço que tem pode resolver os problemas do seu público-alvo? Em que plataforma(s) vai apostar para divulgar os conteúdos da sua marca?

Depois de ponderar sobre essas questões, elabore os conteúdos a pensar na sua partilha, para que possa ganhar mais visibilidade. Para isso pode criar  botões ao lado do próprio conteúdo (facilitando a partilha) e incentivar os visitantes a partilharem e subscreverem.

 

Less is more

Será que tem de estar em todo o lado ao mesmo tempo? Instagram, Facebook, Tweeter, Youtube, blog, etc?

O ideal é apostar no canal onde a sua audiência ou potenciais clientes já se encontram, e também onde sinta que faz mais sentido para a sua empresa/negócio. Desta forma pode manter o compromisso de produzir os conteúdos, correspondendo às expectativas dos seus utilizadores e fortalecendo a confiança.

No entanto, à medida que o negócio for crescendo pode alargar os conteúdos a mais canais.

Redirecionar os conteúdos

Se a sua marca já tiver estrutura para distribuir os conteúdos para mais do que um canal, redirecione-os.

Por exemplo: se já reuniu um conjunto de novidades ao longo do mês, pode criar uma newsletter. Ou, se usar um podcast, faça posteriormente a transcrição do áudio e adapte-o para um blog.

Ainda utilizando o mesmo artigo, pode:

– selecionar os tópicos principais e criar publicações para o Instagram e/ou para o Facebook ao longo do mês;

– escolher algumas frases principais e criar tweets;

– retirar um excerto do vídeo e publicar no LinkedIn;

– enviar E-mail aos seus subscritores com os principais conceitos do artigo.

Por sua vez, caso já tenha uma série de conteúdos, pode organizá-los e compilá-los num e-book.

Afinal, ao usar mais do que um canal estará a distribuir a sua marca em diferentes frentes, aumentando a possibilidade de ser “encontrado” quando um utilizador pesquisa algo. E, claro, está a potenciar a taxa de conversão (visitante – cliente).

Crie um sistema

Quanto mais sistemático for o seu trabalho, mais tempo terá para se focar nos outros projetos e menos pressão haverá – sobretudo se surgir algum imprevisto.

Certamente na estratégia de comunicação existem tarefas da mesma categoria – experimente então realizá-las no mesmo bloco de tempo. Por exemplo, se estabeleceu a publicação de 1 vídeo por semana, rentabilize uma manhã para tratar dos 4 vídeos do mês. O mesmo serve para a edição de textos ou publicações nas redes sociais.

Comece por executar as tarefas simples, apresentando-as de forma cuidada, e com o tempo pode aperfeiçoar.

 

Conclusão

Uma forte estratégia de marketing de conteúdo é um dos fatores mais eficazes que a sua marca pode usar para conseguir tráfego para o seu website, conquistar a confiança da sua audiência e aumentar a taxa de conversão.

Para isso é importante que apresente conteúdos que acrescentam valor aos utilizadores, ao mesmo tempo que se torna uma autoridade no assunto.

Por conseguinte, é muito provável que utilizadores satisfeitos recorram novamente aos seus conteúdos e até os partilhem com outros utilizadores. Assim, quem sabe, poderão finalmente comprar o seu produto ou contratar os seus serviços.

Sabemos que planear a melhor estratégia de marketing de conteúdo pode significar maior pressão. Por isso mesmo é importante delegar alguns serviços.

Diga-nos o que precisa e ganhe tempo para outras prioridades para a sua marca.